Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fight Corner

Desportos de Combate | MMA | Artes Marciais

Fight Corner

Desportos de Combate | MMA | Artes Marciais

14
Ago20

Cidade das Artes Marciais - Rio de Janeiro

1_cris-18857890.jpg

No passado dia 12 de agosto, o Rio de Janeiro decidiu homenagear as artes marciais e as suas mais nobres figuras do país irmão. A iniciativa inédita a nível mundial ganhou forma com a inauguração de 12 praças e uma calçada da fama gravada com os nomes de 60 ícones brasileiros de várias gerações: Hélio Gracie, Eugênio Tadeu, Marco Ruas, Anderson Silva, José Aldo, Amanda Nunes e muitos outros.

Parabéns Rio!

 

 

03
Ago20

O MMA na nova Era

image (1).png

Muitas linhas já foram escritas sobre como o mundo mudou com a pandemia de COVID-19. É sabido que o vírus impactou todas as atividades humanas e o desporto, enquanto lazer ou indústria, não foi exceção. Quantos de nós foram obrigados a fazer uma pausa nos treinos desportivos, ou a transformá-los numa prática totalmente individual e isolada dos outros? Quantas competições desportivas foram canceladas ou adiadas, como as Olimpíadas de Tóquio?

Ao contrário do que se poderia pensar, devido ao contacto físico total entre os atletas praticantes, o UFC foi uma das raras organizações desportivas a nível mundial que fez regressar rapidamente a alta competição aos ecrãs dos telespectadores. Apesar de alguns percalços iniciais, que envolveram o adiamento de eventos e o cancelamento de combates devido ao teste positivo de COVID-19 de alguns atletas, o MMA regressou diferente mas a todo gás.

Nesta nova Era sem público nos recintos e com muitas máscaras a serem usadas pelo staff dos eventos, Abu Dhabi substituiu temporariamente Las Vegas e tornou-se na nova capital mundial dos desportos de combate, graças à Fight Island do UFC. A fazer lembrar o filme “Enter the Dragon”, protagonizado por Bruce Lee, a nova arena de Dana White recebeu fight cards de luxo, recheados com disputas de título que tiraram a barriga de misérias dos fãs de MMA. 

O UFC provou toda a sua maturidade e experiência na organização de grandes eventos desportivos e conseguiu reunir condições (logísticas, sanitárias, etc.) excecionais em tempos excecionais. A própria gestão da promoção dos eventos ganhou um novo fôlego através da construção de narrativas de confronto em geografias distantes e inóspitas, à semelhante dos clássicos do boxe dos anos 70 do século XX “The Rumble in the Jungle” e “Thrilla in Manila” com Ali, Foreman e Frazier.

Contrastando com o UFC, a segunda mais importante promoção desportiva de MMA, foi duramente afetada pelo contexto. Depois de uma longa paragem de quase meio ano, o Bellator regressou no passado dia 24 de julho, com um fight card bem mais tímido que os seus congéneres. Neste sentido, o porta-estandarte português Pedro Carvalho continua a aguardar ansiosamente a sua grande oportunidade de disputa do título com Patrício “Pitbull” Freire.

Como acontece em qualquer crise pandémica de larga escala, lamentam-se as perdas de vidas. Uma delas foi o falecimento precoce de Abdulmanap Nurmagomedov, que deixou o mundo dos desportos de combate e artes marciais de luto. Abdulmanap Nurmagomedov foi um dos melhores treinadores de MMA do mundo. No seu currículo lê-se Master of Sports em Luta Livre Olímpica pela URSS, especialista em Sambo e em Judo, mas Abdulmanap foi muito mais do que isso. Foi o pai e treinador de um dos melhores de sempre - Khabib Nurmagomedov - e responsável pela formação de uma geração de ouro vinda do Daguestão, encabeçada por nomes como Islam Makhachev, Rustam Khabilov, Shamil Zavurov e muitos outros.

Apesar de todas as transformações, o MMA que floresce nesta nova Era está a tornar-se cada vez mais interessante. Estão confirmados os combates dos já estabelecidos super campeões Khabib, Daniel Cormier e Adesanya. E, de entre os grandes combates que ocorreram recentemente, criaram-se novas estrelas: os recém-titulados campeões Petr Yan e Deiveson Figueiredo; o renascido e mediático Jorge Masvidal; e os rookies Sean O’Malley e Khamzat Chimaev, um jovem checheno que tem marcado a agenda com performances incrivelmente dominantes e uma confiança sem limites. O futuro parece estar assegurado com uma cada vez maior constelação de atletas de topo que povoam os densos rankings das divisões de peso do UFC.  

 

(artigo também publicado no Sapo Desporto, em: https://desporto.sapo.pt/autor/david-pimenta )

17
Jul20

Rookies Promissores

Imagem1.png

Desta vez não falamos do main card ou das estrelas mais conhecidas, pedimos que fixem estes dois nomes:

1. Khamzat Chimaev - O checheno de 26 anos radicado na Suécia, companheiro de treinos de Gustafsson e Latifi, tem um fight record de 7-0 e apresentou-se no UFC com uma performance incrivelmente dominadora, a fazer lembrar Khabib Nurmagomedov.

2. Mounir Lazzez - O "sniper" tunisino da Team Nogueira estreou-se no UFC mostrando um striking de alto nível contra um adversário bastante duro.

Ficamos à espera dos próximos combates!

03
Jul20

Abdulmanap Nurmagomedov

636788400815560292.jpg

O mundo dos desportos de combate e artes marciais está de luto. Faleceu Abdulmanap Nurmagomedov com 57 anos de idade.

Abdulmanap Magomedovich Nurmagomedov foi um dos melhores treinadores de MMA do mundo. No seu currículo lê-se Master of Sports em Luta Livre Olímpica pela URSS, especialista em Sambo e em Judo, mas Abdulmanap foi mais do que isso. Foi o pai e treinador de um dos melhores de sempre - Khabib Nurmagomedov - e responsável pela formação de uma geração de ouro vinda do Daguestão, encabeçada por nomes como Islam Makhachev, Rustam Khabilov, Shamil Zavurov e muitos outros.

RIP.

 

30
Jun20

Johnny Tapia

1393685_589155707808770_448161273_n.jpg

O passado mês de maio assinalou 8 anos desde que faleceu Johnny Tapia, um dos pugilistas mais carismáticos das últimas décadas.

Tapia iniciou a prática da nobre arte aos 9 anos depois de uma infância trágica, marcada pelo assassinato violento da sua mãe. Na idade adulta as adversidades continuaram, acompanhadas por abusos de droga e perda de mais familiares. Apesar de tudo, o atleta conhecido como "Mi Vida Loca", reinou nos ringues dos anos 90, sagrando-se várias vezes campeão do mundo em três categorias de peso diferentes.

Não percam o documentário da HBO sobre a sua vida. 

19
Jun20

Diogo Calado no Lethwei!

104717929_2776962105867149_1959918656791837112_n.j

O "nosso" Diogo Calado anunciou esta semana que se irá estrear na duríssima arte marcial birmanesa Lethwei!

O Lethwei, que atrai cada vez mais adeptos e praticantes, assemelha-se muito ao Muay Thai, diferenciando-se pelo facto de permitir o uso de cabeçadas e de a luta ocorrer sem luvas (tipicamente com ligaduras a proteger as mãos, apenas).

Diogo Calado assinou pela organização WLC (World Lethwei Championship), onde figuram campeões como o seu compatriota António Faria e a estrela canadiana Dave Leduc.

Diogo Calado, que já tem no seu currículo um título de campeão do mundo da Enfusion e títulos de campeão europeu da WBC e ISKA, tem tudo para triunfar neste novo desafio. Força Diogo!

 

 

16
Jun20

John Wayne Parr: Blessed with Venom

403px-John_Wayne_Parr_2.jpg

O Fight Corner aconselha a todos os amantes de desportos de combate e artes marciais o excelente documentário "John Wayne Parr: Blessed with Venom", sobre a vida e carreira do mítico kickboxer John Wayne "The Gunslinger" Parr. O vídeo está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=mIAGE1Z60ZY

Para os mais distraídos, o atleta australiano especialista em Muay Thai deixou uma forte marca no desporto: foi um dos primeiros "estrangeiros" a dominar em solo tailandês, foi 10 vezes campeão do mundo e bateu nomes como Mike Zambidis, Yodsanklai Fairtex.

 

18
Mai20

Kevin Randleman - Hall of Fame

kevinrandleman.jpg

Finalmente o mundo do MMA prestou a devida homenagem a Kevin Randleman. O falecido lutador, conhecido como "The Monster" era um peso pesado com apenas 1.78 m, mas tinha uma força explosiva verdadeiramente monstruosa.

Randleman foi um pioneiro, vindo da elite do wrestling (foi um NCAA Division I All-American), nasceu para o MMA nos tempos do mais selvagem Vale Tudo. Para a história ficam combate memoráveis com lendas como Mirko Cro Cop ou Fedor Emelianenko e o seu título de campeão do mundo pelo UFC, que agora o transportam para o panteão do UFC Hall of Fame!

15
Mai20

UFC Fight Night: Smith vs. Teixeira

Imagem1.jpg

Que luta de Glover Teixeira! O veterano de 40 anos conquistou por direito próprio um lugar no top 5 da divisão de light heavyweight, após ter destruído Anthony Smith.

Para além do striking e jiu-jitsu de elite apresentado, Glover mostrou também a sua reconhecida classe e fair play para com o seu adversário. 

Destacaram-se também Drew Dober, parceiro de treino de Justin Gaethje, que entra no top 15 da super disputada divisão de lightweight; e Ricky Simon que, recorrendo a muito wrestling, derrotou o complicado Ray Borg.

 

12
Mai20

UFC 249: O novo leão

gaethje.jpg

O regresso do UFC na era do COVID 19 cumpriu o que prometeu: muito espetáculo e um main event de luxo. 

O UFC 249 teve de tudo:

1. Grande combate nos prelims entre Vicente Luque e Niko Price.

2, Werdum sem ritmo competitivo e Donald Cerrone com mais uma derrota.

3. O luso-caboverdiano Yorgan de Castro no main card, a mostrar bons pormenores apesar de prematuramente lesionado.

4. Calvin Kattar e Ngannou dominantes.

5. Henry Cejudo, um dos melhores wrestlers de sempre a pisar o octógono, a anunciar a retirada do MMA.

6. E, a cereja no topo do bolo, o enorme combate de Justin Gaethje a destruir sistematicamente e pacientemente Tony Ferguson em todos os rounds. Gaethje surgiu mais maduro, mais calculista e com o mesmo poder demolidor. A performance desta versão afinada de Justin Gaethje reacendeu inclusive a guerra de tweets entre Khabib e McGregor. Ambos disputam um combate com o novo leão na selva da divisão de peso leve.

 

 

07
Mai20

Mike Tyson de volta!

tyson_holyfield.png

Há dias o mundo voltou a estremecer com os ganchos e crosses de Mike Tyson, num treino com Rafael Cordeiro da Kings MMA. Nesta sequência, Iron Mike revelou que quer voltar aos ringues para um combate de solidariedade. 

Coincidência ou não, Evander Holyfield expressou o mesmo desejo. 

Estaremos a sonhar ou vamos ter um Tyson x Holyfield III?

 

 

23
Abr20

Combate de sonho: GSP vs Khabib

gsp_khabib.png

Quem não gostaria de ver este combate?

Muito se tem falado sobre o eventual combate entre George St-Pierre e Khabib Nurmagomedov. GSP disse recentemente que estaria disposto a voltar ao octógono para lutar contra o melhor do mundo, mas considera que o UFC não quer o combate por recear colocar em causa a invencibilidade do atleta do Daguestão.

Depois da pandemia dar tréguas (e de Khabib lutar finalmente contra Tony Ferguson, ou Justin Gaethje), este seria um combate de sonho a realizar. Em quem apostariam?

 

07
Abr20

UFC 249: Ferguson vs. Gaethje

053082_249_Bouts_FightCard_1080x1350_Eng.jpg

Habemus UFC 249!

Dana White já confirmou que o UFC 249 irá realizar-se a 18 de abril, apesar da grande ausência de Khabib (e de outros compatriotas seus), dos alertas das autoridades de saúde e até das críticas de figuras do desporto como Joe Rogan.

Apesar do enquadramento atual, foi organizado um card com nomes de peso, encabeçado pelo combate entre Tony Ferguson e Justin Gaethje, na disputa do título interino de peso-leve. Outro especial destaque vai para o combate entre o "nosso" luso - cabo-verdiano Yorgan de Castro que enfrentará Greg Hardy.

O restante card dispensa apresentações: Vicente Luque, Jeremy Stephens, Francis Ngannou, Ronaldo "Jacaré" Souza, entre outros, prometem matar a fome dos fãs de MMA!

 

 

01
Abr20

Arquivo Histórico: Wanderlei Silva

USA-Today.png

Enquanto o mundo do MMA continua em suspenso, relembramos Wanderlei Silva.

Apelidado de "Axe Murderer" no mundo, e de "Cachorro Louco" no Brasil, Wanderlei Silva foi dos lutadores mais empolgantes e temidos da história do desporto. Bateu recordes atrás de recordes no mítico Pride e deu show no UFC. Apesar dos seus 43 anos e 51 combates profissionais, esperamos ainda vê-lo competir no Bellator e no Rizin.

O brasileiro, que entrava sempre "com tudo", tem um largo historial de combates espetaculares. Considerando o atual contexto de paragem de competições, o Fight Corner sugere alguns clássicos: os combates com Quinton "Rampage" Jackson, no Pride; e o duelo com Brian Stann, no UFC.

 

 

 

26
Mar20

Ranking Pound-4-Pound de MMA

Imagem1.png

O Fight Corner apresenta o seu ranking pound-4-pound dos melhores lutadores de MMA da atualidade:

1. Khabib Nurmagomedov

2. Jon Jones

3. Henry Cejudo

4. Demetrious Johnson

5. Daniel Cormier

6. Kamaru Usman

7. Stipe Miocic

8. Israel Adesanya

9. Tony Ferguson

10. Alexander Volkanovski

Concordam com a composição e ordem do ranking? 

 

 

17
Mar20

Treinos Online

DbVwg1qW4AEDU_x.jpg

Depois dos inúmeros cancelamentos anunciados no mundo dos desportos de combate devido ao coronavírus, desde o Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jitsu, passando pelo Bellator, até aos próximos 3 eventos do UFC, resta-nos tirar partido do tempo livre e aprender com os melhores. Obrigado Bernardo Faria e John Danaher pela excelente iniciativa de disponibilização de conteúdos grátis no BJJ Fanatics!

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu acho q o Reyes ganhou por 3-2 Ultimamente o Jon...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub